Concerto de Natal será no Plenário Ministro Pedro Soares Muñoz, dia 12

Cartaz 12-12-2017Será realizada em 12 de dezembro no Plenário Ministro Pedro Soares Muñoz a próxima Terça Lírica, especial Concerto de Natal. O espetáculo terá uma hora de duração com início às 13h. Trará a interpretação de uma seleção de Árias e conjuntos de oratórios de Bach, Händel, Vivaldi e Mozart. O evento é aberto ao público, com a limitação de 276 pessoas.

O evento finaliza o ano do programa Direito e Música em que, com as obras apresentadas nas Terças Líricas, procura-se destacar temas jurídicos de relevância. Neste ano, pela primeira vez desde 2011 quando passou a ser realizada pelo Memorial do Judiciário na Galeria dos Casamentos do Palácio da Justiça, a Terça Lírica tornou-se itinerante, com espetáculos no Tribunal de Justiça, Foro Central e nos Foros Regionais da Tristeza e do Sarandi.

 Serviço

  • Terça Lírica Especial: CONCERTO DE NATAL
  • Promoção: Memorial do Judiciário do RS
  • Programa:Seleção de Árias e conjuntos de oratórios de Bach, Händel, Vivaldi e Mozart
  • Local: Plenário Ministro Pedro Soares Muñoz, 13º andar do Tribunal de Justiça – Av. Borges de Medeiros, 1565.
  • Data: 12/12, terça-feira
  • Horário: 13h, com uma hora de duração
  • Lotação máxima: 276 pessoas sentadas
  • Aberto ao público – gratuito

Ficha Técnica

Coordenação: Luciana Kiefer & Candice R. Mascarello

Cantores: Candice R. Mascarello (soprano), Joel Milani (barítono), Luciana Kiefer (soprano) e Maicon Cassânego (tenor).  Pianista – Rodolfo Wulfhorst

Memorial do Judiciário

Anúncios

Terça Lírica é levada pela primeira vez ao Foro do Sarandi

Pela primeira vez no Foro Regional do Sarandi, a Terça Lírica apresentou o resumo da ópera La Bohème. No local estiveram presentes Juízes, Defensores Públicos, Promotores de Justiça, funcionários e público externo.


Cantores líricos Luciana, Maicon, Joel e Candice emocionam o público
com 
a história de amor entre o poeta Rodolfo e a delicada Mimi
(Fotos: Leonardo Munhoz)

A apresentação, realizada no intervalo do almoço, é promovida pelo Memorial do Judiciário. Dividida em quatro atos de Giácomo Puccini, baseia-se no romance de Henry Murger, Scènes de La Vie de Bohème. Estreou no Teatro Régio de Turim em 1896, sob a regência de Arturo Toscanini, e é uma das óperas mais executadas em todo mundo. Na Terça Lírica, é interpretada pelos cantores líricos Luciana Kiefer, Joel Milani, Maicon Cassânego e Candice Rybu Mascarello.

O Diretor do Memorial do Judiciário, Desembargador José Carlos Teixeira Giorgis, comentou: No projeto da Terça Lírica, estimamos essa interlocução entre a justiça e a arte. E levar essa promoção para os foros regionais e até mesmo para o interior do estado é resgatar relações sociais e culturais. E completou: Estamos contentes, pois oportuniza aos servidores essa bela arte. Continuar lendo “Terça Lírica é levada pela primeira vez ao Foro do Sarandi”

Foro Regional do Sarandi receberá a Terça Lírica em 7/11

DSC_6968
Apresentação na Galeria dos Casamentos do Palácio da Justiça de La Bohème

A zona nordeste de Porto Alegre receberá pela primeira vez a Terça Lírica no próximo dia 7 de novembro. Será apresentado no Foro Regional do Sarandi o resumo da ópera La Bohème, de Giacomo Puccini, com a participação de Luciana Kiefer, soprano, Maicon Cassânego, tenor, Candice Rybu Mascarello, soprano e Joel Milani, barítono.

Convites podem ser retirados no local – Av. Assis Brasil, 7625/8º andar com o Sr. José Azevedo – telefone (51) 3210-3457.  A apresentação iniciará pontualmente às 13h e terá a duração de uma hora. O espetáculo é aberto ao público e gratuito. Continuar lendo “Foro Regional do Sarandi receberá a Terça Lírica em 7/11”

Ópera La Bohème foi encenada no prédio do TJ e o público aplaudiu de pé

Captura de Tela 2017-10-10 às 20.41.48

 

Público aplaudiu de pé os artistas:
Cantores Candice, Joel, Luciana, Maicon e pianista Rodolfo
(Fotos: Eduardo Nichele)

O intervalo do almoço no Tribunal de Justiça foi diferente nesta terça-feira, 3/10. Por uma hora, Desembargadores, Juízes de Direito, servidores e público em geral puderam assistir à ópera La Bohèmeno 13º andar, em frente ao Plenário Ministro Pedro Soares Muñoz. A apresentação foi gratuita e aberta ao público.

 Esta foi a primeira vez que a Terça Lírica, promovida pelo Memorial do Judiciário, aconteceu no prédio do TJRS. Com a participação de Luciana Kiefer, soprano, Maicon Cassânego, tenor, Candice Rybu Mascarello, soprano e Joel Milani, barítono, Rodolfo Wulfhorst, pianista, foi apresentado o resumo da ópera La Bohème, de Giacomo Puccini. 
Captura de Tela 2017-10-10 às 20.42.03Apresentação ocorreu no foyer do 13º andar,
no intervalo do almoço

A obra em quatro atos, com libreto de Luigi Illica e Giuseppe Giacosa, é baseada no romance de Henry Murger, Scènes de La Vie de Bohème. A estreia foi em Turim, em 1896, sob a regência de Arturo Toscanini.

 A estagiária Mariana Delgada teve a oportunidade de ver pela primeira vez uma ópera e ficou encantada com a história de amor entre o poeta Rodolfo e a delicada e graciosa jovem Mimi. “Tudo isso foi muito novo pra mim e adoro romances antigos”,resumiu.

Captura de Tela 2017-10-10 às 20.42.14Público lotou o espaço e assistiu também do mezanino do 14º andar

Para a servidora Luciane Rodrigues o final da ópera foi o momento mais emocionante da apresentação: “Apesar de saber a história, eu fiquei muito comovida. Foi ótimo dar uma paradinha para viver este momento. Tomara que tenha outras vezes”.

 O Desembargador Paulo Roberto Lessa Franz, 3º Vice-Presidente, celebrou a iniciativa do Memorial do Judiciário. Segundo ele, “a ópera premiou a todos que trabalham no Tribunal e foi ótimo que todos tenham tido acesso à cultura de forma gratuita, assim, esperamos repetir”.

Captura de Tela 2017-10-10 às 20.42.34Final comovente: Mimi, vítima de tuberculose,
falece junto a seus amigos e seu verdadeiro amor

 A Terça Lírica integra o projeto Direito e Música, do Memorial do Judiciário, e propicia a reflexão sobre a busca pela Justiça no quotidiano por meio da apresentação de resumos de grandes óperas.

O Desembargador aposentado José Carlos Teixeira Giorgis, Diretor do Memorial, comentou que as audições deram outro tom ao trabalho. “Iniciativas como estas, para nos integrarmos à sociedade civil, faz com que todos saiam um pouco só do aspecto jurisdicional”.


Captura de Tela 2017-10-10 às 20.42.46Público se emocionou ao final da ópera

  Projeto itinerante

 O ano de 2017 é o primeiro em que as Terças Líricas saíram do Palácio da Justiça, local tradicional das apresentações, e ganharam formato itinerante. Já foram realizadas no Foro Central II e no Foro Regional da Tristeza. Em novembro, será a vez do Foro Regional do Sarandi receber o evento.

Para mais informações sobre a ópera La Bohème na Terça Lírica, acesse: http://www.tjrs.jus.br/site/imprensa/noticias/?idNoticia=400418.

EXPEDIENTE
Texto: Patrícia Cavalheiro
Assessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arend
imprensa@tj.rs.gov.br

FONTE

Terça Lírica será em 3 de outubro no Prédio do Tribunal de Justiça, em frente à sala de sessões do Pleno

Terça Lírica La Boheme TJ.jpgPela primeira vez, a Terça Lírica promovida pelo Memorial do Judiciário acontecerá no prédio do Tribunal de Justiça, no espaço em frente ao Plenário Ministro Pedro Soares Muñoz (13º andar).

Será apresentado o resumo da ópera La Bohème, de Giacomo Puccini, com a participação de Luciana Kiefer, soprano, Maicon Cassânego, tenor, Candice Rybu Mascarello, soprano e Joel Milani, barítono.

⇒ A apresentação iniciará pontualmente às 13h e terá a duração de uma hora. O espetáculo é aberto ao público e gratuito.

La Bohème é uma ópera em quatro atos de Puccini, sob libreto de Luigi Illica e Giuseppe Giacosa, com base no romance de Henry Murger, Scénes de la Vie de Bohème, e estreou em Turim em 1896 sob a regência de Arturo Toscanini.

A Terça Lírica integra o projeto Direito e Música, do Memorial do Judiciário, e propicia a reflexão sobre a busca pela Justiça no quotidiano por meio da apresentação de resumos de grandes óperas. 

O ano de 2017 é o primeiro em que as Terças Líricas sairam do Palácio da Justiça, local tradicional das apresentações, e já foram realizadas no Foro Central II e no Foro Regional da Tristeza. Em novembro, será a vez do Foro Regional do Sarandi receber o evento.

Serviço

Terça Lírica com o Resumo de La Bohème

  • Compositor: Giacomo Puccini (1858-1924)
  • Libretistas: Luigi Illica e Giuseppe Giacosa

Personagens:

  • Mimi – Luciana Kiefer, soprano
  • Rodolfo – Maicon Cassânego, tenor
  • Musetta – Candice Rybu Mascarello, soprano
  • Marcelo – Joel Milani, barítono

  • Pianista: Rodolfo Wulfhorst

Roteiro, diálogos, cenário, figurinos, direção e produção artística: Luciana Kiefer e Candice Rybu Mascarello

Produção executiva: Bonella Produções

Local

  • Tribunal de Justiça do Estado do RS – Av. Borges de Medeiros, 1565
    Em frente à entrada do Plenário Ministro Pedro Soares Muñoz (13º andar)

Data e Horário

  • 3 de outubro de 2017
  • Início: 13h       Termina às 14h

  • Entrada livre – Aberto ao público

Tristeza recebeu a Terça Lírica com La Bohème

Aconteceu nesta terça-feira, 11/7/2017, a Terça Lírica em sala do Foro Regional da Tristeza, reunindo mais de 80 pessoas,  principalmente por magistrados, membros do MP e servidores do Foro da Tristeza e também do Foro Regional da Restinga que estão, por estes dias, trabalhando no mesmo edifício. Até 2016, todas as apresentações da Terça Lìrica ocorreram no Palácio da Justiça. Em 2017, antes da Tristeza, houve o espetáculo no Foro Central II.

O projeto Direito e Música propicia, no início do evento, uma reflexão sobre a busca pela Justiça no quotidiano por meio da apresentação das grandes óperas. Foi apresentado o resumo da ópera La Boheme, de Puccini.

Atuaram representando os personagens de La Bohème: como Mimi, a soprano Luciana Kiefer; como Rodolfo, o tenor Maicon Cassânego; como Musetta, a soprano Candice Rybu Mascarello; e como Marcelo, o barítono Joel Milani. No acompanhamento, o pianista Rodolfo Wulfhorst.

A mesma obra será apresentada na próxima Terça Lírica que irá acontecer no prédio do Tribunal de Justiça, na Borges de Medeiros, em 3 de outubro.

As fotografias são de Jean Lucas do Carmo Nunes, da Imprensa do Tribunal de Justiça.

Terça Lírica acontecerá no Foro da Tristeza em 11/7

Captura de Tela 2017-06-23 às 16.56.25

Pela segunda vez, a Terça Lírica vai ocorrer fora do Palácio da Justiça. O próximo espetáculo vai ocorrer no Foro Regional da Tristeza, no próximo dia 11 de julho, com início às 13h. Será apresentado o resumo da ópera La Bohème, de Puccini, com a participação dos cantores líricos Luciana Kiefer, Maicon Cassânego, Candice Ruby Mascarello e Joel Milani, e do pianista Rodolfo Wulfhorst. A apresentação tem uma hora de duração.

Como a sala em que acontecerá o evento é relativamente pequena, no 8º andar, haverá a distribuição de ingressos para 80 pessoas sentadas, o que ocorrerá nos próximos dias a partir de divulgação no local. Todos os Srs. Magistrados e Servidores, incluindo os do Foro Regional da Restinga que estão trabalhando no mesmo local, são convidados para o evento, que é a iniciativa do Memorial do Judiciário com a o apoio do Juiz de Direito Joni Victoria Simões, Supervisor do Foro Regional da Tristeza.

O objetivo do Memorial ao promover espetáculos artísticos, no caso a apresentação de resumo de óperas, é juntar a expressão artística com os conteúdos que dizem respeito a situações de busca da Justiça, incluídas nos textos das obras.